Web Content Viewer (JSR 286)

Actions
Loading...

Web Content Viewer (JSR 286)

Actions
Loading...

A Mitsubishi no Brasil

A Mitsubishi Motors construiu no Brasil uma história com muito espírito 4x4.

 

Em 1990, o mercado brasileiro se abria para as importações. Depois de muito trabalho, em 1991, os primeiros veículos Mitsubishi desembarcaram no país e a cidade de São Paulo inaugurou o primeiro ponto de venda da marca para comercializar a L200. A escolha deste segmento e o início da importação do Pajero Full, em 1992, foram um sucesso. Em apenas dois anos, a empresa já contava com 20 concessionárias Mitsubishi em 18 cidades do país. Uma rede diversificada que importava e distribuía os modelos Lancer, Space Wagon, Eclipse, 3000GT, Colt e Pajero Full. Nascia a MMC Automotores do Brasil.

 

Em 1995, era criado o primeiro rali de regularidade do país: o Mitsubishi Motorsports. Nova mania entre os apaixonados por carros, a competição off-road se tornou uma experiência de marca. Desde suas primeiras edições, o rali assumiu também um papel social e passou a incluir a doação de alimentos para entidades sociais como parte de suas atividades. A Mitsubishi Motors se consolidava como referência nas competições off-road brasileiras.

 

Alguns anos depois, em 1998, foi inaugurada a fábrica da Mitsubishi Motors do Brasil, localizada em Catalão, interior de Goiás, promovendo o desenvolvimento da região. Em meio a uma ampla área ambiental, a unidade da Mitsubishi Brasil nasceu pautada pela excelência da qualidade e pela sustentabilidade, com a utilização responsável da água e a destinação adequada de seus resíduos sólidos desde o início. Com uma área construída de 14 mil metros quadrados, no dia 15 de julho saía da linha de montagem a primeira Mitsubishi L200. Cabine dupla, motor a diesel e tração nas quatro rodas.

O estilo de vida 4x4 ganhava dois novos eventos de peso: a Mitsubishi Cup, rali de velocidade cross-country faz sua estreia no ano 2000. E, quatro anos depois, chegava o Mitsubishi Outdoor, rali de estratégia e atividades culturais para toda a família. A presença constante nas provas off-road inaugurou uma linha de produção de carros especiais para competição. Rapidamente a Mitsubishi conquistou uma posição de destaque nesse mercado.

 

Em 2001, um novo canal de comunicação estreitava ainda mais a relação da marca com seus clientes, inovando o mercado editorial brasileiro. Em pouco tempo, a MIT Revista atingiu a tiragem de 100 mil exemplares distribuídos exclusivamente para clientes Mitsubishi.

 

Em 2004, uma nova marca entraria para a história: já eram 100 mil veículos Mitsubishi vendidos no Brasil.

 

Em 2007, com o lançamento dos primeiros veículos 4x4 flex do mercado, a inovação virava sinônimo de sustentabilidade. E mesmo com um expressivo aumento na produção, a Mitsubishi Motors do Brasil reduzia o consumo de energia utilizada para a fabricação de cada veículo. Três anos depois, em 2010, a Mitsubishi anunciava o projeto Anhanguera II, que previa a expansão para 247 mil metros quadrados de área construída em cinco anos, além da inauguração de novas linhas de produção, a fábrica de motores e a nova planta de pintura.

Neste mesmo ano, a empresa inaugurou uma oficina especializada na cidade de Mogi Guaçu, em São Paulo, responsável por todo serviço de manutenção, desenvolvimento, testes e apoio durante as etapas de cada prova. No início, o espaço abrigava a equipe Triton RS da Mitsubishi Cup. Logo depois, em parceria com a engenharia de competição, passou a oferecer todo o suporte para as equipes do Rally dos Sertões e do próprio Rally Dakar, com a realização de testes em todos os veículos de rali da marca.

 

Um ano depois, em 2011, a Mitsubishi iniciou uma parceria com o autódromo Velo Città. O traçado de 3.493 metros, com curvas de baixa e alta velocidade e longas retas, é homologado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo). A Mitsubishi promove diversos eventos para clientes e gentleman drivers, como as provas da Lancer Cup, Lancer Evo Day, Fun Day e Lancer Experience, com atividades no asfalto e na terra, nos quais as pessoas podem testar seus próprios carros ou ainda aprender técnicas de direção em pilotagem com profissionais de mais alto gabarito.

Neste mesmo ano, a Mitsubishi entrou para o segmento dos sedans, importando um dos carros mais conhecidos da marca, o Lancer.

 

Em 2014, a divisão de competições em Mogi Guaçu passa a receber o nome de Ralliart Brasil, se tornando sinônimo da mais avançada tecnologia e desempenho para os veículos Mitsubishi em competições na terra e no asfalto. Está instalada em uma área de 10.000m², com todos os equipamentos necessários para projetar, fabricar, desenvolver, preparar e customizar veículos.

Também em 2014, a Mitsubishi Motors passa a fabricar o sedan Lancer, graças a expansão promovida pelo Anhanguera II.

 

Atualmente, a fábrica de Catalão libera mais de 300 veículos por dia, com os mais altos padrões de qualidade em seus processos, desde o projeto de desenvolvimento do produto até a Auditoria Final pós-montagem.

São fabricados, em Catalão, os modelos do Lancer, Pajero, linha L200 Triton e ASX. E importa os modelos do Pajero Full, Outlander e Lancer Evolution X.

Resultado expressivo do trabalho de um time comprometido, com a energia fundamental para continuar diariamente essa história.